INDICAÇÕES E CONTRAINDICAÇÕES DA REFLEXOLOGIA PODAL

Apesar dos inúmeros benefícios da Reflexologia Podal para diversos tratamento, esta técnica também possui algumas contraindicações das quais não podemos desconsiderar

Você sabe quais as indicações e contraindicações da reflexologia podal?

Identificar estas diferenças é o primeiro passo para garantir a qualidade e eficácia do uso desta técnica e atingir resultados satisfatórios.

Como já abordamos em outros artigos, muitas pessoas ainda associam a reflexologia podal como “apenas” uma massagem nos pés, porém, esta é uma técnica que vai muito além de uma “simples” massagem. Vejamos…

O QUE É REFLEXOGIA PODAL

A reflexologia podal consiste na aplicação de pressão em regiões específicas dos pés. A arte milenar chinesa identificou os pontos relacionados com cada órgão do corpo, e utiliza essa técnica como forma de prevenir ou tratar doenças e transtornos de saúde, estresse e problemas psicológicos. A pressão nesses pontos faz com que o cérebro crie uma ação em cadeia que acaba ativando as glândulas relacionadas. As glândulas, por sua vez, liberam as secreções necessárias que deverão proporcionar a cura.

O mesmo princípio também pode ser aplicado através da íris dos olhos, mãos e orelhas. Nos pés a técnica é aplicada de maneira mais prática, já que os pontos podem ser identificados com maior facilidade.

Gosta muito de massagem? Então curta!

Indicações e contraindicações da Reflexologia Podal

INDICAÇÕES DA REFLEXOLOGIA PODAL

A reflexologia podal possui diversos benefícios e é indicada para pessoas estressadas, tensas, nervosas, com problemas de circulação sanguínea, problemas hormonais, diversos tipos de dores e desequilíbrio do sistema.

O estresse é a maior causa de doenças cardíacas, enxaqueca, dores musculares, nervosismo e depressão. Quando o estresse é tratado, o corpo se livra desses sintomas sem a necessidade de remédios químicos que só mascaram o problema e nos tornam dependentes.

Entre outras indicações comuns temos:

  • Prisão de ventre
  • Alteração da pressão arterial
  • Constipação
  • Dor na coluna
  • Labirintite
  • Inchaço nas pernas
  • Cálculos renais
  • Asma
  • Hipertensão
  • Colesterol
  • Tireóide
  • Inflamação
  • Equilíbrio de cálcio

CONTRAINDICAÇÕES DA REFLEXOLOGIA PODAL

As contraindicações da reflexologia se aplicam em casos de pessoas com diabetes que apresentem machucados nos pés, mulheres em gestação, pessoas que fazem uso do marcapasso, pessoas em processos de alergia na pele ou dermatite, pessoas que apresentam varizes expostas, trombose ou fraturas.

Em casos de pessoas com diabetes o tratamento se torna inviável devido aos coágulos de sangue que facilmente se criam nas veias do corpo do doente. Esses coágulos sanguíneos não devem ser deslocados, como propõe a reflexologia podal.

Na reflexologia podal estimula-se a circulação sanguínea para que todos os órgãos possam ser capazes de receber os nutrientes presentes no sangue, e, para que ocorra a liberação de toxinas, o que no caso de diabéticos não seria o recomendado.

CONCLUSÃO

Como já bem falamos, conhecer e entender as indicações e contraindicações da reflexologia é um cuidado especial que você deve ter para garantir e receber os diversos benefícios que a reflexologia podal pode proporcionar, não correndo nenhum risco de saúde, desde que você também receba a técnica de um profissional experiente e especializado na técnica.

VOCÊ CONHECIA ESTAS INDICAÇÕES E CONTRAINDICAÇÕES? COMENTE!

Gostou? Recomende esse artigo para seus amigos!

21 Comentários em INDICAÇÕES E CONTRAINDICAÇÕES DA REFLEXOLOGIA PODAL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *