QUANTO GANHA UM MASSOTERAPEUTA?

O massoterapeuta tem diversas possibilidades de atuação e em cada uma delas os ganhos são interessantes

Já recebi diversos e-mails com esta pergunta e sempre vejo questionamentos deste tipo em fóruns de massoterapia dos quais eu faço parte.

Não é de se espantar a curiosidade sobre quanto um massoterapeuta ganha, pois o mercado da massoterapia no Brasil está em ascensão, o que desperta o interesse de muitas pessoas sobre os ganhos de um massoterapeuta.

Confira neste artigo o que é necessário para você se tornar um profissional e quanto ganha um massoterapeuta.

O QUE É NECESSÁRIO PARA SE TORNAR UM MASSOTERAPEUTA?

Infelizmente, nossa profissão não é regulamentada e pior ainda, desde o início da minha formação (em meados de 2007) sempre ouvia que a regulamentação estava próxima. Estou esperando isto até agora rs.

Faço este comentário, pois vejo muita discussão sobre alunos de cursos livres de massagem se autodenominar “massoterapeutas”.

Gosta muito de massagem? Então curta!

Para que você seja um massoterapeuta “de verdade”, é necessário que você tenha conhecimentos específicos além das manobras de massagem. Este conhecimento do qual me refiro é sobre anatomia e fisiologia! Apenas saber as manobras de massagem, não lhe dá o aval necessário para ser um massoterapeuta.

Veja também: Diferença entre massagista e massoterapeuta

Não estou pregando aqui que é necessário que você faça um curso técnico em massoterapia com a duração de 1200 horas, pois há muita reclamação de alunos sobre esta duração, dizendo que muitas destas horas são dadas apenas para complementar as horas do curso.

Ressalto que existem ótimos cursos livres de técnicas de massagem, mas o conhecimento sobre o funcionamento do corpo humano é fundamental para que você conheça as patologias e para que saiba quando a massagem é indicada e quando a massagem é contraindicada.

O ideal então é fazer um bom curso de massoterapia e continuar seus estudos sobre patologias, anatomia e fisiologia.

Quanto ganha um massoterapeuta

QUAL O SALÁRIO DE UM MASSOTERAPEUTA?

Uma das principais vantagens de trabalhar com a massoterapia é que há diversas possibilidades de atuação.

Você pode trabalhar em:clínicas de massagem, espaço próprio de massagem, em empresas, em domicílio, etc.

Irei abordar agora os principais locais onde o massoterapeuta atua:

CLÍNICAS DE MASSAGEM: Para os massoterapeutas que se preocupam em ser registrados no regime CLT, a clínica de massagem é um local apropriado para isto. Porém, os ganhos não são tão altos. Vejamos:

Em São Paulo, a média do valor fixo mensal para o terapeuta que atua 8 horas por dia nos dias úteis e 8 horas no sábado é de R$ 750,00 + vale refeição. Geralmente, a clínica paga o adicional de 30% sobre o valor da massagem, mas o grande problema é: O massoterapeuta recebe apenas o montante que ultrapassa o valor fixo mensal que recebe. Ex:

Digamos que a terapeuta “x” receba R$ 750,00 fixo mensal + 30% de comissão sobre cada massagem realizada que tem o custo de R$ 70,00. Logo, 30% de R$ 70,00 é R$ 21,00. No fim do mês, foi contabilizado o total de 60 massagens realizadas durante o mês.

60 massagens x R$ 70,00 = R$ 4.200,00.
30% de R$ 4.200,00 = R$ 1.260,00.
R$ 1.260,00 (referente aos 30% de comissão) – R$ 750,00 (valor fixo mensal) = R$ 510,00.

O massoterapeuta irá receber o seguinte: Salário fixo (R$ 750,00) + R$ 510,00 (montante que ultrapassa o valor fixo mensal).
Total no mês: R$ 1.260,00 (Mil duzentos e sessenta reais).

ESPAÇO PRÓPRIO: Atuar em seu próprio espaço é uma das atividades mais rentáveis para o terapeuta, pois ele pode definir o horário que quer atuar, pode definir o preço que quiser de sua massagem (de acordo sempre com a região onde seu espaço esteja localizado), pode definir qual o melhor tratamento para seu cliente, entre outras vantagens.

No espaço próprio onde o terapeuta cobre os mesmos R$ 70,00 por cada massagem, como no exemplo anterior, todo o valor bruto é direcionado para ele mesmo, ou seja, se em um mês o terapeuta realizar 60 atendimentos (média de 2 a 3 massagens por dia de segunda a sábado), no fim do mês ele terá acumulado o valor de R$ 4.200,00.

Só que nem tudo são flores para o terapeuta que possui seu espaço próprio. Até chegar neste patamar de atender mais de 1 cliente por dia, o profissional terá que realizar um belo trabalho de divulgação antes, o que terá um custo com marketing do seu trabalho e espaço. Além disso, terá que arcar com despesas de luz, água, telefone, internet, em alguns casos aluguel do espaço e IPTU, além de ser organizado financeiramente e ter uma “veia” de administrador, para conseguir dar conta de realizar os atendimentos e ainda administrar algumas burocracias que envolvem ter seu negócio próprio.

ATUAR EM EMPRESAS: Uma das formas “mais fáceis” de iniciar no mercado é trabalhando em empresas. Hoje em dia, não só grandes empresas, mas também as médias e pequenas, já estão dando uma grande abertura para a atuação de massoterapeutas.

A técnica mais comum em empresas é a Quick Massage.

Em São Paulo, a média do cachê pago aos terapeutas por uma diária de 8 horas é de R$ 120,00 + almoço + estacionamento.

Para os profissionais que atuam certo tempo, de maneira profissional e ética, costumam realizar cerca de 3 eventos por semana. Logo, 3 eventos por semana x R$ 120,00 = R$ 360,00 por semana.

Para iniciar no mercado de Quick Massage em empresas é fundamental o profissional possuir a cadeira de Quick Massage.

Recomendamos a leitura dos seguintes artigos:
Por que ter uma cadeira de Quick Massage?
Como comprar uma cadeira de Quick Massage?

Uma das principais dificuldades do profissional que atue com a Quick Massage em empresas é a locomoção até a empresa com a cadeira de massagem que pesa cerca de 15kg, além de que , em algumas épocas do ano (principalmente no primeiro trimestre), não há tantos eventos para fazer.

ATENDIMENTOS EM DOMICÍLIO: Muitos profissionais logo que iniciam no mercado de massoterapia, atuam com atendimentos em domicílio. Assim como o atendimento em espaço próprio, o atendimento em domicílio nos dá um grande retorno financeiro, pois todo o valor cobrado pela massagem é direcionado ao próprio terapeuta.

Suponhamos que um profissional realize apenas 1 atendimento por dia, de segunda a sábado, com o valor de R$ 70,00.
6 dias da semana x R$ 70,00 = R$ 420,00 por semana.

Uma das maiores dificuldades do profissional que tem interesse em atuar com massagem em domicílio é conseguir clientes que realizem atendimentos semanais, além da dificuldade de se locomover até a casa do cliente, pois em cidades como São Paulo, por exemplo, o trânsito é caótico.

O profissional que se interessa em atender seus clientes em domicílio precisa ser bem organizado financeiramente para controlar às despesas que são provenientes dos atendimentos em domicílio, ex: gasolina, pedágio, creme ou óleos de massagem, óleos essenciais, lavagem dos lençóis, etc.

CONCLUSÃO

Neste artigo sobre quanto um massoterapeuta ganha, fiz uma abordagem básica sobre as formas que um massoterapeuta pode atuar e um ganho estimado em cada atuação, tendo em vista experiências próprias e conversas com outros profissionais da área.

O tempo de atuação no mercado, networking, trabalho de marketing, carisma, experiência e divulgação “boca a boca”, são variáveis que poderão fazer com que o massoterapeuta tenha grande destaque no mercado, o que poderá impulsionar muito seus ganhos com a massagem.

O que o massoterapeuta precisa se preocupar também é em relação as despesas que cada área de atuação tem, para que este não tenha surpresas desagradáveis com seus rendimentos.

E VOCÊ, TEM RENDIMENTOS DIFERENCIADOS DOS ABORDADOS AQUI? COMENTE!

Gostou? Recomende esse artigo para seus amigos!

187 Comentários em QUANTO GANHA UM MASSOTERAPEUTA?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *